Blog

O Método Pilates

O Método Pilates

Ele promove a harmonia, flexibilidade e equilíbrio muscular, uma vez que a aula é supervisionada por um professor que prescreve e orienta de maneira individualizada antendendo às necessidades de cada pessoa.

Desta forma, o Pilates pode ser praticado por pessoas de todas as idades e níveis de condicionamento físico. Além disso, ainda trás como benefícios a melhora da concentração, coordenação motora e consciência corporal.

O método Pilates consiste em diversos exercícios utilizando aparelhos especiais e acessórios com o objetivo de desenvolver o corpo harmoniosamente. Os exercícios são rítmicos de força e alongamentos, e demandam concentração e controle do corpo.

Tem como objetivo reconstruir os movimentos fundamentais do corpo, enfatizando a respiração, desenvolvendo a consciência corporal, a concentração, o controle e o fortalecimento do Centro de Força do Corpo, região que inclui os músculos abdominais, lombares, glúteos e pélvicos, realinhando a postura e integrando o tronco, a cintura escapular e a pélvis.

Trabalha progressivamente a força e alongamento, aumentando a flexibilidade dos músculos e a amplitude de movimento das articulações.

O Método Pilates é um programa de exercícios que trabalha corpo e mente ao mesmo tempo, mantendo os dois no mais perfeito equilíbrio, colaborando para uma consciência e educação corporal completa, ele utiliza-se de seis princípios primordiais para sua eficiência, são eles:

Powerhouse (casa de força): é a ativação das musculaturas estabilizadoras;

Concentração: é a integração entre corpo e mente, a conscientização do movimento a ser executado, ativando o aprendizado neuro-motor;

Centralização: correção de padrões posturais assimétricos e estruturação do movimento, respeitando os trajetos ósseos, articulares e miofasciais;

Respiração: ajuda a controlar os movimentos, permite oxigenar os músculos, facilita a estabilização da coluna e a movimentação dos membros, ajuda a relaxar a musculatura, estar ciente das tensões acumuladas por todo o corpo e também fazendo com que o músculo transverso do abdome seja trabalhado na inspiração e na expiração;

Controle: execução dos movimentos de maneira precisa e coordenada durante toda a sua execução;

Precisão: execução de movimentos com excelência e de forma ordenada;

Fluidez: execução dos movimentos de maneira harmoniosa.

Os exercícios utilizados no método podem ser trabalhados nos aparelhos e, ou solo com ou sem o uso de acessórios, como por exemplo, a bola suíça.

Por ser um método onde a maioria de seus exercícios são trabalhados em cadeia cinética fechada, propicia um fortalecimento e uma flexibilização completa, e não de uma musculatura isolada. Onde se trabalha o corpo de maneira global, desde a musculatura mais profunda até a mais periférica, promovendo força, flexibilidade e eliminação da tensão excessiva em determinados grupos musculares, evitando, dessa forma, as compensações conseqüentes aos desequilíbrios, tudo aliado a técnicas respiratórias.

Todos os movimentos são precisos e coordenados, não há impacto, movimentos rápidos ou violentos, o que propicia ao praticante um ganho de consciência corporal, com um maior conhecimento de suas estruturas, promovendo assim uma maior e melhor utilização das mesmas. O número de repetições é baixo, afim de que não se chegue à exaustão. Os exercícios acompanham o ritmo respiratório e trabalham, durante o movimento, o maior número possível de grupos musculares.

Publicado em

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>